A vida é como um jogo de poker

Postado por Rui Fonte em sexta, dezembro 27, 2013 Em: Refletindo

Este vai ser o último artigo do corrente ano, então porque não dar um pouco de imaginação a ele. Já estamos na recta final, faltam poucos dias para o mundo completar mais uma volta ao Sol. 
Como não acredito em "full house´s" na vida, principalmente contínuos, para mim foi um ano com altos e baixos, felizmente até tive mais altos que baixos, pelo menos no tema da ansiedade.

Poker = Vida

Não sou amante do jogo mas posso ver a vida como um jogo de poker. A vida, tal como no poker é um constante recomeço, onde a cada rodada um jogador não escolhe as cartas que lhe calham, mas o objectivo continua a ser o mesmo, vencer!
Ora, então hipoteticamente falando a vida pode ser vista da mesma forma, certamente, nem eu nem você escolhemos as "cartas" que nos saem e somos de certa forma obrigados jogar com elas, sejam boas ou más.
O que se faz com as cartas depende do jogador, como em tudo há bons e maus jogadores e acredite que os bons não ganham só quanto têm boas cartas e ai reside a principal diferença. O mau só enfrenta o jogo quando tem uma boa mão já o bom enfrenta-o com o que lhe calhou. 

Porque?

Simples, nada é certo mas um bom jogador sabe como lidar até quando más cartas lhe calham, sabem fazer o seu bluff, não joga sobre nenhuma influência, mantém a calma, não toma atenção aos outros jogadores, etc. Na vida é igual, com a diferença que não está o competir com ninguém, apenas consigo próprio\a, então porque não seguir o exemplo de um bom jogador de poker? Porque não aceitar o facto? Porque não jogar com o que tem?

Resumir

Claro que estou apenas a divagar, mas pode haver uma certa semelhança entre o poker e a vida. Da próxima vez que a vida lhe pregar uma partida lembre-se desde artigo e do poker, faça de si um bom jogador, aceite o que o destino lhe trouxe, não desista e jogue com isso.

Poderá também gostar - O pensamento positivo

Lembre-se disto, as cartas estão dadas, perdeu? Isso não é uma derrota, acredite em mim, aprenda algo e não se preocupe, a vida vai-se encarregar que lhe entregar novas cartas e tal como no poker é impossível serem sempre más.

“Nunca devemos envergonharmos-nos das nossas próprias lágrimas.” concordo com ele , mas permanecer nelas já é uma opção. Chora o necessário mas por favor levanta-te e realiza-te, a própria vida tratará do resto. Charles Dickens

Em: Refletindo 



    
   
 
  
   
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Fique a Saber

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net