Alterando a medicação psiquiátrica

Postado por Rui Fonte em segunda, julho 14, 2014 Em: Medicação

Quem anda nestas andanças da medicação certamente já sentiu em alguma altura que não está sendo ajudado\a com um tipo de medicamento ou não está a ajudar o suficiente ou até está a criar efeitos secundários severos, então, está na hora de falar com o seu médico. Descreva as suas experiências com a medicação atual e pergunte se há outros medicamentos que possam ser mais eficazes.

No médico

Se o seu médico concordar com uma alternativa, é razoável dizer que  têm que trabalhar juntos para criar um plano para afastar você da sua medicação atual. Isto é importante para evitar quaisquer sintomas indesejados que poderiam ser causados por uma interrupção repentina da droga.
Não existe um processo ou orientação oficial sobre a forma de como a interrupção deve ser feita, essa abordagem deve ser específica para cada um.

Exemplo um

Se o seu antidepressivo está a fazer um bom trabalho na sua depressão, mas tem efeitos colaterais intoleráveis, o médico pode recomendar a redução gradual da dose, em seguida, aumentar a dose de uma nova medicação.

Exemplo dois

Se você ainda não teve qualquer alívio dos sintomas e agora também têm efeitos colaterais desagradáveis, o seu médico pode parar a sua medicação actual mais rapidamente e começar com outra para tentar aliviar. Uma mudança de um medicamento para outro dentro da mesma classe de drogas pode ocorrer muito mais rapidamente do que a troca entre diferentes classes de medicamentos.

Leia também - Como saber se a medicação está a resultar

A ter em atenção

Certifique-se de perguntar ao seu médico sobre quaisquer novos efeitos colaterais que possam surgir e como lidar com eles. Depois de começar com o novo medicamento, esperar cerca de duas semanas para ter uma noção de que a nova medicação está ajudando com os seus sintomas ou não. Lembre-se, alívio completo dos sintomas pode demorar até oito semanas. Além disso, se você começar a sentir-se mais agitado\a, deprimido\a ou mesmo com pensamentos suicidas depois de iniciar qualquer medicamento, consulte o seu médico imediatamente.
Nunca pratique auto-medicação.

Em: Medicação 


Tags: medicação   
    
   
 
  
   
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net