O que é seu a si chegará

Postado por Rui Fonte em quinta, agosto 20, 2015 Em: Guest Post

Onde você estava um ano atrás? Com quem falava? Que conversa tinha? Quais programas de TV via? Que livro estava lendo? Quais eram suas preocupações? O que você desejava? Eu não sei. Mas você sabe, e sabe também que muita coisa mudou. Talvez a casa seja a mesma, as pessoas que morem nela já não. As coisas mudam. Pessoas se juntam, outras se separam. 

Pessoas nascem, pessoas morrem. Pessoas chegam, pessoas vão. Nada dura para sempre do mesmo jeito, portanto não deixe para ser feliz amanhã, não ache que só quando fizer faculdade, casar, fizer aquela viagem pelo mundo você será feliz, porque muita coisa pode acontecer nesse tempo. A vida não nos pertence. Somente o que nos pertence é o que conseguimos guardar do que vivemos. E para isso é preciso viver de fato a pessoa que está a nossa frente, viver a comida que estamos comendo, viver as palavras que estamos lendo ou ouvindo, viver os detalhes, os cheiros, as formas, a textura do que e de quem entramos em contato. 

Leia também - Viver no presente

Existe algo no seu dia de hoje que merece ser apreciado, existe algo importante que pode não estar ali daqui a pouco. Então aproveite, porque de verdade você não sabe o que está para nascer, o que está para morrer. A única coisa que se sabe é o que está acontecendo agora e isso que merece nossa atenção.

Tamires Damasio

Em: Guest Post 



    
   
 
  
   
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net