Persistir no mesmo erro

Postado por Rui Fonte em segunda, fevereiro 18, 2013 Em: Opinião Pessoal

Ao longo do tempo, apesar de não ser qualquer tipo de clínico, têm me relatado alguns casos de vida muito complexos e impressionantes, apesar de eu acreditar que todos os casos têm a sua solução assim como também não existe uma vida isenta de problemas, uma grande fatia desses problemas são devido a erros que fizemos no percurso da vida, grande parte mesmo! Até aqui tudo normal, acontece a todos nós, agora manter o problema ou mesmo agrava-lo através da repetição do erro, isso é que já não é normal.

O verdadeiro problema

Ao praticar constantemente o mesmo erro, o resultado vai ser o óbvio, mais tarde o que é normal é tomar a vida como injusta e incerta. Mas é claro que ela é tudo isso e até ainda mais! Mas uma coisa é certa não a podemos culpar pelas nossas decisões. Com o passar do tempo, o acumular dessas decisões e vendo que nada resolvem, vamos certamente entrar em desanimo e tristeza, e assim nascem algumas depressões, esse é o verdadeiro problema.

O que eu acho

Existe um proverbio que diz "errar é humano mas persistir no erro é burrice", claro que não há um número que trace uma linha entre o normal e a burrice mas onde reside o negativo é quando se passa essa linha. Eu acho que não é burrice mas sim a falta  flexibilidade de conseguir deixar de fazer o que esta errado e começar a fazer o que esta certo ou até mesmo o medo de arriscar uma coisa nova. Até posso adiantar mais, possivelmente cerca de 90% dos casos nós sabemos que estamos a cometer o mesmo erro novamente, mas mesmo assim, depositamos confiança que vai ser diferente. Manter esta linha de pensamento é importante " o que eu aprendi com ele" e não "vou tentar novamente a mesma coisa, pode ser que seja diferente"

Um erro comum

Há pessoas que tem o terrível hábito de meter a experiência como forma de pensarem que estão certos e não podem errar, mas na verdade isso pode não ser uma boa aposta, e porque? Como foi adquirida essa experiência? O que aprenderam? Como aprenderam? Um exemplo simples, um mecânico automóvel, conheço vários que até têm décadas de experiência mas não lhes confiava o meu carro para fazer uma reparação, porque sei que a experiência deles foi feita nas base de erros que ainda os continuam a praticar, então de experiência tem muita mas é invalida, nada aprenderam com os seus erros, isto foi apenas um exemplo parvo mas dá para entender.

Não consigo, o que fazer?

Todos nós temos a capacidade de alterar o errado, mas às vezes falta a força e principalmente o conselho certo, especialmente se estivermos limitados com uma doença, para isso o que está certo é pedir ajuda. Não estou a falar de médicos e derivados, muitas vezes basta alguém de confiança que esteja do lado de fora, expondo o nosso problema e mostrando o que temos feito, podemos obter uma melhor solução (Eu recorro muito a isso) .

Um pequeno conselho

A vida é mesmo isto! Ou se acerta ou se erra! Quando se acerta, melhor, quando se erra, nada de desânimos e temos que arranjar outra abordagem. Lembrem-se disto, cada vez que erramos aprendemos que o que tentámos não resultou. Vamos fazer igual e persistir no mesmo? 

Em: Opinião Pessoal 



    
   
 
  
   
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net