Seis perguntas a Dr: Nelson S.Lima do Instituto da Inteligência

Postado por rui vladman fonte em sábado, setembro 1, 2012 Em: Entrevistas

No passado dia 27 de Agosto, elaborei um questionário com seis perguntas que gostaria de partilhar convosco as suas respostas, já que é sobre um assunto do nosso interesse, as perguntas foram feitas ao Dr: Nelson Lima do Presidente do European Intelligence Institute (Grupo Instituto da Inteligência), onde se prontificou a responder de forma muito desenvolvida.

Vladman.net : É possível que um distúrbio de Ansiedade possa evoluir para uma Depressão?

Dr: Lima : Sim, é possível mas depende das causas e dos factores que estejam a provocar a ansiedade. Há muitas pessoas que desenvolvem estados de ansiedade que, todavia, não evoluem para a depressão. A depressão está associada a sentimentos de tristeza, perda e vazio existencial enquanto a ansiedade está a ligada a estados de medo, insegurança e também expectativa. Também os aspectos biológicos destes estados devem ser tidos em conta. Não podemos esquecer que a psique está integrada no organismo, e ambos influenciam-se mutuamente. Por exemplo, a luz solar é excelente para reduzir a depressão e o caminhar alivia a ansiedade. Também uma alimentação ajustada a cada situação pode beneficiar bastante o sofredor. O magnésio é excelente para reduzir a ansiedade. Etc.

Vladman.net : Acredita em um possivel efeito placebo com os anti-depressivos?

Dr: Lima : Há vários tipos de depressão. Nas chamadas reativas (provocadas por algum acontecimento da vida) o efeito placebo pode ter lugar. Nas depressões ligeiras e ocasionais, uma psicoterapia pode ser suficiente. Nas depressões como a doença bipolar a medicação é imprescindível. Não esquecer que os quadros graves de depressão podem conduzir ao suicídio devendo ser objeto de tratamento urgente (médico e psicológico).

Vladman.net : Acha que distúrbios psicológicos sejam um pouco desvalorizados pelos próprios profissionais de saúde?

Dr: Lima : Acontece isso porque a medicina ainda separa o corpo da psique. É mecanicista e dualista. Só uma medicina integral e holística tratará o doente mais do que a doença. E ao tratar da pessoa acabará tratando de sua doença pois as causas de muitas doenças orgânicas são psicológicas (é conhecido o caso do stress que tem um papel muito importante no desencadear de distúrbios e doenças cardiovasculares). A disciplina que estuda essa matéria chama-se psicossomática  

Vladman.net : Os tratamentos em certas patologias como a Ansiedade ou Depressão (médios) são mais eficazes com medicação ou com uma mudança de hábitos?

Dr: Lima : Varia de caso para caso, das suas causas e da própria capacidade e envolvimento do “doente” no processo da cura. Uma mudança de estilo de vida pode ser desejável e, com efeito, em muitos casos, é a solução ideal.

Vladman.net : Os exames de despiste, nomeadamente os testes psicotécnicos são eficazes e de confiança?

Dr: Lima : Em geral são mas dependem muito da interpretação que os técnicos façam dos resultados. É aconselhável fazer-se uma bateria de testes – incluindo um inventário de personalidade – para se traçar um perfil o mais próximo e fiável da situação encontrada.

Vladman.net : Concorda que a psicologia é uma ciência um pouco confusa e com um exagero de teorias?

Dr: Lima : O ser humano e as suas contradições e ambiguidades fazem com que a psicologia não consiga ser uma ciência exata como a Física. O seu êxito não depende tanto das teorias mas do conhecimento, da experiência e da competência efetiva do terapeuta.
O facto de haver muitas teorias (só a respeito das “emoções” conhecem-se mais de 150 teorias) não diminui a importância da psicologia; antes pelo contrário. E ela só será uma ciência “confusa” para os leigos ou para quem não conseguir perceber o todo a partir das diferentes perspectivas em jogo. Por exemplo, a teoria existencialista das emoções não anula a teoria clínica das mesmas: complementam-se. O mesmo se passa com a psicologia em geral, se bem que, como em outras ciências, a evolução teórica é benéfica. A visão transpessoal da psique humana não anula, por exemplo, a perspectiva humanista, de onde teve a sua origem. Também o legado de Freud ainda hoje é válido mesmo que tenham havido desenvolvimentos posteriores (através de Jung, por exemplo). Como as outras ciências, a psicologia é uma disciplina dinâmica e multifocal.

Espero que as respostam sirvam de ajuda a todos, obrigado.


 
 
 

Em: Entrevistas 


Tags: psicologia   
    
   
 
  
   
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net