Xanax o psicotrópico mais popular

Postado por Rui Fonte em sexta, janeiro 25, 2013 Em: Medicação

Existem muitos no mercado mas o Xanax têm mesmo o estatuto de campeão. Mesmo os que nunca o tomaram sabem o que é, aparece nos filmes, revistas ou simplesmente numa conversa com alguém. Os números referentes a receitas são titanicos e apesar de já contar com trinta anos de idade, é a droga mais receitada na saúde mental.

A historia

Quando o Xanax foi introduzido no mercado em 1981, não estava claro se seria um sucesso. Foi proposto como sucessor do Valium, a droga para tratar a ansiedade que foi muito popular na América durante a década de 1970. O seu criador Upjohn descobriu uma maneira inteligente de comercializar o seu medicamento, testando-o para tratar ataques de pânico, para alem da ansiedade.

Boa jogada!

Os ataques de pânico tinham sido acabados de ser definidos como um diagnóstico e foram considerados como resistentes a medicamentos como o Valium. Mas Upjohn efectuou vários estudos que mostraram que os ataques de pânico ficavam aliviados na toma do Xanax, assim, foi a primeira droga a obter uma aprovação para essa afirmação. O Xanax começou a ser vendido como pão quente e ficou muito popular. Os ataques de pânico foram também popularizados, uma aflição que se pensava ser rara tornou-se algo de nervoso e preocupante. 

Trinta anos depois

Quase três décadas depois, a América ainda é uma nação Xanax. Ele continua a ser a droga mais popular psiquiátrica, superando mesmo os medicamentos mais recentemente introduzidos no mercado.

Os números

Não há números exactos a nível global, mas para se ter uma ideia só nos Estados Unidos em 2011 foram prescritas 44 milhões de receitas do Xanax, para se ter uma outra ideia os segundos e terceiros foram o Celexa (citalopram) com 37.7 milhões e o Zoloft (sertralina) com 37.2 milhões. 

Outro nome

Alprazolam é o nome genérico do Xanax, é muito usado no Brasil e na Europa.

Efeitos secundários

Os possíveis efeitos colaterais podem incluir sonolência, descoordenação motora, alterações gastro-intestinais, diarreia, vómitos, alterações do apetite, alterações visuais, irregularidades cardiovasculares, alteração da memória, confusão, depressão e vertigem.

Importante - Nunca se auto-medique com o Xanax, fale sempre com o seu medico. 

Em: Medicação 



    
   
 
  
   
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net