Aqueles ataques de dúvida persistentes

Postado por Rui Fonte em quarta, janeiro 25, 2017 Em: Sintomas

Para quem tem ansiedade sabe bem que existe uma persistente auto-dúvida e até uma segunda-adivinhação presente, ou seja, é um sintoma psicológico comum nos transtornos de ansiedade, depressão e no transtorno obsessivo compulsivo (toc). Em alguns casos, a dúvida pode girar em torno de uma questão que seja central para a identidade de uma pessoa, como "E se eu sou gay?" Ou "Eu amo meu marido tanto mas será que ele me ama?"

Estes "ataques de dúvida" são especialmente comuns quando uma pergunta é irrespondível na mente da pessoa mas não tem que ser complexa e por norma a responda é bem simples. Por exemplo as pessoas com TOC pensam, "se ao menos eu tivesse 100% de certeza que fechei a porta ficaria bem", mas eles têm essa intolerância à incerteza que transforma a questão em uma obsessão.

Isto pode criar um problema, um deles é aumentar os níveis de tristeza ou piorar os sintomas físicos já causados pela ansiedade. Mas nem tudo são mais noticias, uma boa terapia psicológica consistente é o necessário para resolver, nem sequer é preciso medicação.

Em: Sintomas 



   
      
   
    
   
  
   
 
   
  
   
  
   
  
  
  

Sobre Mim


Rui F. Sei que a vida é mais fácil sem que a ansiedade domine a cada minuto. Pelo que dedico muitas horas para levar até ti tudo o que te possa ajudar a compreender esta doença.

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2018

vladman.net