Infarto feminino ou crise de pânico

Postado por Rui Fonte em segunda, maio 27, 2013 Em: Divulgar

Nas mulheres é comum confundir um ataque cardíaco com sintomas associados a um ataque de pânico ou ansiedade. Os sintomas do stress são semelhantes aos de um ataque cardíaco das mulheres, é assustador, pode ser uma boa ideia se familiarizar com eles. 
Por causa da falta de ar e os problemas digestivos que vêm com um ataque de ansiedade\pânico, a maior parte das vezes a ajuda não é chamada. Na maioria das vezes apenas um eletrocardiograma pode dizer qual dos dois é, ataque cardíaco ou um ataque de ansiedade. Como sempre, a melhor coisa a fazer é procurar ajuda médica imediatamente, para ficar no lado seguro.

Qual é a diferença?

Os ataques cardíacos nas mulheres raramente apresentam os mesmos sintomas dramáticos que anunciam o infarto nos homens. Refiro-me à dor intensa no peito, o suor frio e o desfalecimento (desmaio, perda de consciência) súbito que eles sofrem e que vemos representados em muitos filmes. Quando uma mulher está a ter um ataque de pânico ou ansiedade, é comum que o corpo dela comece a produzir uma grande quantidade de hormônios. Esses hormônios são a causa de ela não ser capaz de respirar corretamente, ter um ritmo cardíaco acelerado ou palpitações, com suores frios e ter um sentimento de desgraça. A dor no peito (comum nos homens) pode parecer que  está queimando. Ficar tonta, fraca e doente do estômago e estar em pânico também são comuns. Nas mulheres um ataque cardíaco vai dar os mesmos sentimentos, mas a diferença é a quantidade de tempo. Se os sintomas duram mais de alguns minutos, pode ser um ataque cardíaco.

"Eu tive um inesperado ataque do coração por volta de 22h30, sem haver feito nenhum esforço físico exagerado nem haver sofrido algum trauma emocional que pudesse desencadeá-lo. 
Estava sentada muito agasalhadinha, com meu gato nos joelhos e vendo novela.

Um pouco mais tarde, senti uma horrível sensação de indigestão, como quando- estando com pressa–comemos um sanduíche, engolindo-o com pouca água.

Esta foi minha sensação inicial ... O único problema era que eu NÃO HAVIA comido NADA desde as 17h00 ...

Depois, desapareceu esta sensação e senti como se alguém me apertasse a coluna vertebral (pensando bem, agora acredito que eram os espasmos em minha aorta). Logo, a pressão começou a avançar para o meu esterno (osso de onde nascem as costelas no peito). O processo continuou até que a pressão subiu à garganta e a sensação correu, então, até alcançar ambos os lados de meu queixo.

Tirei os pés do ‘puff’ e tratei de ir até o telefone, mas caí no chão ... 
Levantei-me apoiando em uma cadeira e caminhei devagar até o telefone para chamar a emergência. 
Disse-lhes que acreditava que estava tendo um ataque cardíaco e descrevi meus sintomas. Tratando de manter a calma, informei o que se passava comigo. Eles me disseram que viriam imediatamente e me aconselharam deitar-me perto da porta, depois de destrancá-la para que pudessem entrar e me localizar rapidamente.

Segui suas instruções, me deitei no chão e, quase imediatamente, perdi os sentidos.

Acordei com o cardiologista me informando que havia introduzido um pequeno balão em minha artéria femural para instalar dois *stents* que mantivessem aberta minha artéria coronária do lado direito.

Graças às minhas explicações precisas, os médicos já estavam esperando prontos para atender-me adequadamente quando cheguei ao hospital."
A melhor prevenção para deter um ataque do coração é consultar o seu médico mal ela ocorra. Toda vez que você sentir esses problemas que estão associados a um ataque cardíaco nas mulheres, ligue para as emergências imediatamente, isto caso ainda não tenha sido feito um diagnostico anterior de ansiedade, pânico ou outra condição qualquer. Quando os sintomas de um ataque cardíaco das mulheres são descobertos dentro dos primeiros minutos, há uma melhor chance de salvar uma vida.

Em: Divulgar 



    
 
    
  
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net