Solidão um caminho direto para a depressão

Postado por Rui Fonte em sexta, janeiro 30, 2015 Em: Opinião Pessoal

Em alguma altura da vida todos nós vamos sentir uma solidão, sim, eu já a senti e também sei o quanto dói. Mas algo que antes eu não sabia é que ela não existe se nós não a criarmos. Isso mesmo. Nós criamos a solidão e enquanto não aceitarmos isso tudo continuará igual. Você pode argumentar o quanto quiser, dizer que ninguém te entende, ninguém te ouve, mas eu não vou acreditar. Talvez muita gente não preste mesmo atenção em você, mas muita gente não é todo mundo. 
Há alguém que faz (ou vai fazer) diferente e você sabe disso.
Mas você precisa fazer a sua parte de interagir com o mundo a sua volta seja ouvindo ou falando. 

Impossível?

Tente não dizer “não consigo”, porque se você e mais alguém fossem trancados em uma sala fechada e só pudessem sair dali quando se tornassem minimamente íntimos você daria um jeito. Por mais diferente que vocês fossem, iriam encontrar algo em comum no qual pudessem se sentir conectados. E talvez pudessem descobrir tantas coisas em comum que nem teriam vontade de se afastar. Fazer amizade funciona da mesma forma.
O ponto de partida é sempre buscar por algo em comum, por isso falar sobre a temperatura ou comentar alguma situação que esteja acontecendo pode ser o início de uma relação. Você provavelmente sabe de alguém que conheceu o namorado na fila de um banco, ou em qualquer outra situação onde a interação fosse mínima.

Leia também - Solidão um estado feito de perigos
 
Talvez você não concorde com o que eu digo e ache que isso não resolveria seu problema. É seu direito pensar assim e espero que encontre uma outra solução. Mas eu escrevo de algo que vivi pessoalmente, e que como funcionou para mim espero também que funcione para outras pessoas.
Porque como já disse em um outro texto, a pior solidão é quando nos sentimos sozinhos no meio de uma multidão. E não precisa ser assim. Você pode fazer amigos, você pode fazer contatos, basta estar disposto e atento para buscar o que há de igual entre vocês. Mas se por acaso não achar (é impossível, eu te garanto) escute e aprenda algo com essa pessoa, mostre interesse pelo que estão falando, dê uma opinião, ou, simplesmente, agradeça pelo que aprender.

Em: Opinião Pessoal 



    
 
    
  
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net