Acha que fumar acalma os nervos?

Postado por Rui Fonte em segunda, maio 4, 2015 Em: Questões

Qualquer adulto sabe que fumar não trás nenhum beneficio físico, mas saiba que existem pesquisas mostram que o fumo também afeta a saúde mental das pessoas. As razões diferem de pessoa para pessoa mas é muito comum ouvir dizer "fumar um cigarro para me acalmar". É, na realidade isso é verdade mas quando isso acontece é porque o seu cérebro já esta viciado em nicotina.

Porque isso acontece

Os factores biológicos envolvidos no tabaco referem-se em como o cérebro responde à nicotina. Quando uma pessoa fuma, uma dose de nicotina atinge o cérebro dentro de cerca de dez segundos. Ao princípio, a nicotina melhora o humor e concentração, diminui a raiva e stress, relaxa os músculos e até reduz o apetite. 
As doses regulares de nicotina provocam mudanças no cérebro, que, em seguida, levam a sintomas de abstinência de nicotina quando o fornecimento de nicotina diminui. Ora, fumar reduz temporariamente esses sintomas de abstinência o que provoca a sensação de calma. 

Leia também - Os inimigos do cérebro

Tabagismo e o stress

A ideia de que as pessoas fumam cigarros para ajudar a aliviar os sinais e sintomas de stress pode também ser conhecido como "auto-medicação". O stress é muito comum nos dias de hoje, afetando-nos quando nos sentimos incapazes de lidar com uma pressão indesejável. Ela pode causar sintomas físicos como dores de cabeça ou falta de ar, bem como fazer as pessoas que se sintam irritadas ou ansiosas. Esses sentimentos podem alterar o nosso comportamento, o que faz com que as pessoas bebam álcool ou fumem mais do que o habitual. O stress de longa duração também está relacionada com a ansiedade e a depressão. 

Tabagismo e a ansiedade 

Várias pesquisas sobre tabagismo demonstram que em vez de ajudar as pessoas a relaxar, tabagismo verdade aumenta a ansiedade e a tensão. A nicotina cria uma sensação imediata de relaxamento para que as pessoas fumam na crença de que ele reduz o stress e a ansiedade. Esta sensação de relaxamento é temporário e logo dá lugar a sintomas de abstinência e aumento dos desejos. Fumar reduz os sintomas de abstinência de nicotina, que são semelhantes aos sintomas de ansiedade. 

Tabagismo e a depressão 

As taxas de tabagismo entre os adultos com depressão são cerca de duas vezes maiores que entre adultos sem depressão. A nicotina estimula a liberação de dopamina no cérebro. A dopamina está envolvida no desencadear sentimentos positivos e ela encontra-se frequentemente baixa em pessoas com depressão, que podem então usar cigarros como uma forma de aumentar temporariamente o seu fornecimento de dopamina.  No entanto, o tabagismo estimula o cérebro a se desligar do seu próprio mecanismo para a tomada de dopamina por isso a longo prazo da oferta diminui, o que por sua vez leva as pessoas a fumar mais. 

Resumindo

Como pode perceber, de longe o tabaco tem efeitos relaxantes, o que tem na verdade cria é um vicio que na sua abstinência (neste caso a nicotina) cria sintomas de tensão, o que se "resolvem" com o fumar do cigarro.
Para os não fumadores, desengane-se, o tabaco não acalma por isso não comece a fumar, para os fumadores a solução tem tanto de simples como complicada, ela passa pelo deixar de fumar. Como se sabe seja qual for o vicio existe uma extrema dificuldade em o cortar, mas não é impossível. Pode optar por um programa de ajuda profissional já que as taxas de sucesso são muito elevadas.

Em: Questões 



    
 
    
  
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net