Ligação entre o refluxo ácido e o estresse

Postado por Rui Fonte em quinta, setembro 3, 2015 Em: Sintomas

De acordo com vários estudos e pesquisas, o estresse pode muito bem estar relacionado como um rastilho para a azia. Se entendermos que o refluxo é um problema do trato intestinal e que esse mesmo, se costuma dizer que age como um segundo cérebro, isso é uma má notícia!

A ligação

É certo que nem todas as causas da azia sejam esclarecidas, e claro, sabe-se que comer rapidamente, usar roupas apertadas e comer alimentos gordurosos, ácidos ou muito temperados juntamente com líquidos numa mesma refeição favorece o seu aparecimento. Mas vamos ver a ligação entre a azia e o stress\ansiedade.

Leia também - Problemas 
intestinais

Uma pesquisa que envolveu 2000 indivíduos deu algumas dicas sobre a ligação entre o refluxo gástrico e o stress. As pessoas do sexo feminino relataram azia após um dia agitado em casa e situações familiares stressantes, já no sexo masculino relataram que as viagens de negócios e longas horas de trabalho tornavam mais suscetíveis ao refluxo ácido.
Pesquisadores descobriram que pacientes com refluxo são cronicamente ansiosos ou expostos a um estresse prolongado.

Conclusão

Stresse, ansiedade, juntamente com a exaustão, podem criar mudanças no corpo que levam a um aumento do refluxo ácido, ou seja, independentemente da causa para aqueles que sofrem de refluxo ácido o estresse pode definitivamente fazê-los sentir ainda pior.

Em: Sintomas 



   
      
   
    
   
  
   
 
   
  
   
  
   
  
  
  

Sobre Mim


Rui F. Sei que a vida é mais fácil sem que a ansiedade domine a cada minuto. Pelo que dedico muitas horas para levar até ti tudo o que te possa ajudar a compreender esta doença.

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2018

vladman.net