O cérebro o matou

Postado por rui vladman fonte em terça, abril 24, 2012 Em: Curiosidades
Vou contar uma situação que li num artigo, não sei a sua veracidade, mas as razões que me levam a escrever são de acreditar que seja verídica, um grupo de cientistas quiseram fazer uma experiência sobre os efeitos que o cérebro tem sobre o corpo.
Para realizar a experiência escolheram um presidiário, onde lhe explicaram que iria ser submetido a um "teste", que passava por ser amarrado a uma cama e eram efectuadas duas incisões em ambos os pulsos e deixavam o sangue escorrer,  podia ter dois finais, ou morria esvaziado em sangue ou o sangue coagulava e sobrevivia, se isso acontece-se a pena era perdoada.
Mas a ideia da experiência não era vê-lo a esvaziar em sangue, mas sim fazê-lo pensar que sim, então depois de devidamente amarrado, deu-se inicio, foi feito duas incisões nos pulsos mas não nas arterias, apenas na pele, no chão estavam dois vasos de metal em que tinham umas mangueiras a fazer pingar agua, o objectivo era fazer pensar o sujeito que se estava a esvaziar em sangue, resultado, o homem a ouvir o som do "sangue" a cair e a sentir os "cortes" nos pulsos fizeram que ele passados cinco minutos os batimentos começaram a aumentar e começou a mudar de cor até que faleceu.
Apesar de não estar a perder sangue o cérebro dele assim o entendeu e de alguma forma o fez entrar em colapso.
Estranho e curioso...

Em: Curiosidades 



    
 
    
  
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net