Como a espiritualidade pode ajudar

Postado por Rui Fonte em sexta, janeiro 8, 2016 Em: Opinião Pessoal

Num mundo cada vez mais accionado pelos interesses materiais e económicos é importante não esquecermos a natureza humana e espiritual de que também somos feitos. Todos somos um EU, uma pessoa completa e diferente de qualquer outra. Todos temos um cérebro/mente, tantas vezes demasiado racional e objectivo, mas que contem igualmente células carregadas de energia espiritual e não apenas psíquica, química e elétrica.

É essa natureza espiritual e humana que devemos cultivar, partilhar e difundir. Espiritualidade que - destaco - não é sinónimo de religiosidade. Eu, por exemplo, sendo um ser também espiritual não sou, todavia, religioso. Na verdade, confesso, as religiões nem sempre são boas conselheiras pois muitas vezes cometem tremendas injustiças, são dominadoras, manipuladoras da mente e das emoções, podendo conduzir ao fanatismo, à fé cega e desprovida de sentido crítico. A espiritualidade tem mais a ver com o mundo dos sentimentos, das profundidades do nosso ser, com a intimidade humana da alma.

Leia também - Expandir a mente

Se acreditamos num Deus ou não isso para mim não é importante pois a espiritualidade não obriga a que sejamos seguidores de uma religião ou de um credo. Ser espiritual é colocar ao nível da inteligência do nosso quotidiano atitudes, comportamentos e práticas dotadas de valores, princípios e normas que reforcem o nosso carácter e a capacidade de tomarmo decisões justas e honestas. Ser espiritual é, na verdade, ser inteligentemente humano. Finalmente, agora que todos os dias e a todas as horas nos anunciam anos muito problemáticos, é importante que os decisores políticos e os detentores do capital levem em conta que não somos apenas consumidores, pagadores de impostos, gente anónima e sem poder algum nas mudanças que transformam o mundo.

Leia também - Desenvolver os seus recursos

Cada pessoa encerra em si um capital intelectual, emocional e espiritual que não pode ser ignorado nem desprezado por ninguém, muito menos pelos senhores do mundo. Cultivemos pois nossa inteligência não apenas por via da valorização do nosso conhecimento mas também através da harmonia e da paz que têm como fonte de inspiração a nossa espiritualidade. E saibamos ser saudavelmente críticos e auto-críticos para gozarmos a plenitude dos nossos recursos e talentos. Por isso, usemos também o direito à indignação e ao protesto. Sem medos, nem inibições.

Em: Opinião Pessoal 



    
 
    
  
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net