Sete pecados comportamentais a evitar

Postado por Rui Fonte em segunda, julho 28, 2014 Em: Divulgar

A seguir à depressão, o transtorno de ansiedade generalizada é a desordem mental mais comum no mundo. Independentemente do tipo da ansiedade específica, todas elas têm uma coisa em comum, fazem você se envolver em comportamentos que normalmente não faria e provocam sintomas que chegam a ser incapacitantes.
Neste artigo, vamos dar uma olhada na importância de identificar os sete comportamentos mais comuns que inconscientemente reforçam a nossa ansiedade, ou seja, são sete sugestões para reduzir ou eliminar a tendência para se envolver nessas percepções e comportamentos destrutivos.

Pecado um - Isolamento

Sempre que estamos bem, tendemos a querer estar na companhia de outras pessoas, correto? Já quando não estamos nos sentindo tão bem, tendemos a querer estar sozinhos, é normal mas...da próxima vez que você encontrar-se no isolamento, tente estender a mão e fazer aquele telefonema ou fazer planos para encontrar-se com alguem.

Pecado dois - Consumir estimulantes

A fim de estar em paz mental e emocional, seu corpo deve estar em repouso. Eu levei anos a reconhecer este fato simples. Não puxe pelo cigarro ou não beba cinco xícaras de café, isso não vai funcionar. Seja qual for, ansiedade e estimulantes não combinam.

Leia também - Evite estimulantes na sua dieta

Pecado três - Negar a ansiedade

Este pecado também me levou anos a aceitar! Essa negação pode vir de várias formas, tipo, envolvendo-se em estratégias de distração, como o sono, drogas, álcool ou alimentação, no entanto, nenhum deles funciona. Até podem proporcionar um alívio temporário, mas é uma má aposta.

Pecado quatro - Ser sedentário ou inativo

Ser sedentário e inativo é alimento para a ansiedade. Para esse hábito e morrer de fome, faça as atividades que gosta e comece a praticá-las, mas não exagere. Vá devagar no início, mas seja consistente. Você pode se surpreender com o quão melhor você vai se sentir depois de uma caminhada na natureza. Vale tudo, até jardinagem.

Pecado cinco - Conversas negativas

Seja você ou alguém próximo, afaste-se dessas conversas. Crie pensamentos positivos e questione o que pensa, a ansiedade provoca pensamentos negativos cabe a você controlá-los. Isso tambem pode ser válido para noticías negativas dos jornais ou televisão.

Pecado seis - Não se preocupe

É normal, a mente vai imaginar todos os tipos de coisas desagradáveis sobre que outros podem estar pensando de você e até podem deixar você paranóico, envergonhado e inseguro. Isso é um dos maiores desperdiçadores de energia. Mantenha este pensamento " O que eles acham de mim pouco me importa."

Pecado sete - Não se identifique

Por ultimo, se você se identifica com os pensamentos negativos na sua mente, então você também vai se identificar com a emoção negativa correspondente no seu corpo. Como se costuma dizer a mente e o corpo são realmente um só. Tenha atenção que não somos esses pensamentos e sentimentos. Dê aos seus pensamentos e sentimentos espaço para se movimentar no pensamento e na consciência livremente mas reconheça-os e ignore-os.

Leia também - Os inimigos do cérebro

Estes sete pecados são os que devemos evitar, eu demorei anos a entende-los, claro que pregam sempre partidas nos momentos de aflição mas reconhece-los é um grande passo nesta luta.

Em: Divulgar 



    
 
    
  
  
   
   
  
   
      
  
   
   
  
   
    

Sobre Mim


Rui F. Sei que ter ansiedade atrasa todo o processo da vida e pelo que dedico muitas horas para levar até si tudo o que possa ajudar a compreender esta doença. Foi uma forma que encontrei para tornar útil a minha ansiedade.
  

Outros Projetos Pessoais

Práticas Alternativas


Informação e ajuda à ansiedade, depressão e ataques de pânico
Information and help with anxiety, depression and panic Attacks
Información y ayuda con ataques de ansiedad, depresión y pánico
L'information et aider avec des d'anxiété, dépression et la panique

Vladman.net © 2010-2017

vladman.net